Mindfulness, emoções e solução de disputas

Benefícios ComportamentaisPeter Reilly informa alguns princípios do treinamento em neurociência aplicada à resolução de disputas que podem ser interessantes aos nossos leitores. Seguem abaixo:

Racionalidade: mesmo que o outro aja emocionalmente, devemos equilibrar a emoção e a razão.

Entendimento: mesmo que o outro nos entenda mal, devemos tentar compreendê-lo.

Comunicação: mesmo que o outro não nos ouça direito, podemos consultá-lo e esclarecer a situação antes de decidir sobre questões que os afetam.

Confiabilidade: mesmo que tentem nos enganar, nem confie, nem desconfie, apenas seja confiável.

Influência: mesmo que tente te coagir, nem ceda à coerção nem tente coagi-lo. Devemos estar abertos com a interação da empatia e confiança na verdade das nossas ações.

Aceitação: entenda que os problemas existem, não os neguem. Esteja aberto e receptivo a aprender com o outro, entendendo que não podemos ser donos da verdade universal dos fatos, mas que pode haver novas formas de se ver e resolver um problema

“Mindfulness, emotions, and mental models: Theory that leads to more effective dispute resolution.”Nev. LJ 10 (2009): 433.

1 Resposta

Deixe um Comentário